Chapeuzinho Vermelho



Toda criança conhece a história da menina com um capuz vermelho que atravessa a floresta para levar doces à vovozinha. O conto de fadas clássico da Chapeuzinho Vermelho provavelmente teve origem de fábulas europeias do século 20, sendo publicado pela primeira vez em francês e em seguida pelos Irmãos Grimm, em sua versão mais conhecida.

O objetivo é desenvolver o vínculo familiar e afetivo com os filhos. Quanto mais saudável e próxima a relação entre pais e filhos, mais as crianças confiarão em seus conselhos e sentirão confiança para contar sobre seus erros, pedindo ajuda quando necessário.

Ao ouvir essa história, as crianças experienciam momentos de curiosidade, surpresa, medo e alegria. Os personagens e acontecimentos podem ser interpretados como metáforas para situações da vida real e do cotidiano dos pequenos.

Podemos listar 5 principais ensinamentos da história da Chapeuzinho Vermelho:

1. Não confiar em estranhos

Essa é a ideia central da história, representada pelo seu grande vilão, o Lobo Mau. Chapeuzinho não desconfia das suas más intenções porque ele lhe parece inocente e quer até ser seu amigo. Portanto, as crianças aprendem com a Chapeuzinho Vermelho que, não importa quão legal um estranho pareça, ainda assim pode ser perigoso.

2. Não revelar informações pessoais

Quando o Lobo encontra Chapeuzinho na floresta, pergunta para a menina onde está indo e o que vai fazer lá. Com essas informações ele consegue chegar até a casa da vovozinha. Assim, a história traz o ensinamento para as crianças de que não devem falar sobre coisas pessoais com desconhecidos, por mais inofensivas que essas informações pareçam.

3. Não desobedecer os pais

A mãe de Chapeuzinho Vermelho avisa a filha que é perigoso falar com estranhos, e sua desobediência coloca ela e a avó em perigo. Além disso, em muitas versões a mãe diz para chapeuzinho não ir pela floresta, mas a menina escolhe o caminho mais curto - e também perigoso. Ou seja: as crianças aprendem que desobedecer os pais e pessoas com mais experiência pode colocá-las em apuros.

4. As aparências enganam

Ainda em relação ao Lobo Mau, a história ensina para as crianças que, mesmo parecendo amigo e querendo ajudar a Chapeuzinho, no final o Lobo só queria mesmo era encher sua barriga. E quando Chapeuzinho o encontra vestido de vovó, ela percebe que seu jeito está diferente e graças a isso consegue salvar.

5. Cuidar dos idosos

Apesar de morar longe da avó, Chapeuzinho e sua mãe preparam uma cesta cheia de guloseimas para levar até sua casa. Esse ato de carinho é um exemplo para as crianças aprenderem a cuidar dos avós e outros idosos com quem convivem, aprendendo a demonstrar amor e cuidado de diferentes formas.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo